Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Crónica #5

por Samuel Oliveira, em 11.10.15

No rescaldo da jornada eleitoral do passado domingo, a primeira grande referência que pretendo fazer é para lamentar profundamente o elevado nível de abstenção verificado, a maior de sempre registada em Eleições Legislativas. Para quem, como eu, se considera apologista da democracia participativa e representativa, que nos confere a possibilidade de escolher coletivamente o rumo do país, é custoso averiguar que mais de 40% do eleitorado se demite de exercer essa escolha, pela qual muitos dos nossos antepassados sacrificaram a própria vida.
Passando para os resultados eleitorais, a coligação Portugal à Frente venceu as eleições com 36.83% dos votos e 99 mandatos, mas falhou o objetivo de alcançar uma maioria absoluta. A este número somam-se os deputados dos círculos em que o PSD concorreu sem o CDS, o que faz com que o total de deputados seja 104. O PS, o grande derrotado da noite eleitoral, alcançou apenas 32.38% dos votos e 85 mandatos. O BE, com um excelente resultado, elegeu mais do dobro dos deputados eleitos em 2011, tendo obtido 10.22% dos votos e 19 deputados. A CDU, com 8.27% dos votos, subiu o seu número de deputados para 17. O PAN conseguiu eleger um deputado para a Assembleia da República, com 1.39% dos votos. Os restantes partidos políticos não conseguiram eleger.
Eu compreendo que as pessoas estejam indignadas com a classe política, especialmente com a que nos tem governado. Mas, a abstenção não penaliza o arco do poder, visto que PS, PSD e CDS obtiveram em conjunto cerca de 70% dos votos. A meu ver, a melhor forma de efetuar essa penalização, seria certamente votar nos restantes partidos políticos. Não colhe o argumento de que são todos iguais e não existem projetos alternativos. Existiam 15 candidaturas com programas muito diferenciados! Quantas mais serão necessárias para convencer os eleitores a votar?

Autoria e outros dados (tags, etc)






Arquivo NC

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D